Arquivo mensal janeiro 2022

Poradmin

Windows 11 cresce, mas ainda está longe de alcançar antecessor

Microsoft está avançando na disponibilização do Windows 11 para os usuários do sistema operacional para computadores. De acordo com o mais recente relatório da AdDuplex, a mais recente versão da plataforma já está em 16% dos PCs que utilizam o produto da marca.

Em novembro do ano passado, essa porcentagem ainda estava na metade. E, além dos 16,1% que já utilizam a versão estável, há 0,4% que estão na versão do Windows 11 para Insiders.

No entanto, os sistemas mais utilizados ainda são duas builds do Windows 10: a M21U, que é a versão do primeiro semestre de 2021, e a O20U, da segunda metade de 2020. Eles têm 28,6% e 26,3% da fatia de mercado, respectivamente.

O gráfico com a divisão de versões recentes.

O gráfico com a divisão de versões recentes.Fonte:  AdDuplex 

Os dados foram coletados de 60 mil PCs que usam aplicativos com o kit de desenvolvimento da AdDuplex — ou seja, esse não é um dado oficial da Microsoft e nem definitivo, mas sim uma amostragem que leva em conta apenas as duas últimas versões.

Adoção nada fenomenal

De acordo com a análise, o Windows 11 está em um bom ritmo de adoção, mas não chega perto do domínio que a sua versão anterior atualmente possui.

O sistema operacional foi anunciado oficialmente em junho de 2021, mas o seu lançamento para o público consumidor foi apenas em 5 de outubro.

Além disso, há outro fator que poderia diluir ainda mais o público: as restrições da Microsoft sobre quais aparelhos estão habilitados para a atualização, com requisitos mínimos de processador e memória que deixaram muitos modelos modernos de fora.

Fonte: TecMundo

Poradmin

Apple corrige bug espião no Safari com iOS 15.3 e iPadOS 15.3

Apple lançou nesta quarta-feira (26) a atualização iOS 15.3 iPadOS 15.3. Essa já é a terceira grande versão de correção e melhorias da atual geração dos sistemas operacionais de iPhones e iPads.

Além de otimizações e resolução de bugs, essa atualização fecha uma vulnerabilidade específica e grave que foi identificada há alguns dias e relatada para a Maçã. Trata-se de um bug no JavaScript do navegador Safari que afeta páginas que utilizam o IndexedDB.

Se explorado, ele é capaz de espionar a sua navegação, gerando o nome de todos os sites que foram utilizados pelo usuário na sessão. Como consequência adicional, dados e informações pessoais como nome de usuário e imagem de perfil em cadastros também podem ser extraídos no processo.

Atualizações frequentes

O iOS 15.2 foi lançado em dezembro do ano passado e, um mês depois, recebeu um patch que corrigia falhas de segurança.

Donos de aparelhos que sejam compatíveis com a atualização devem receber a partir de hoje a notificação a respeito da disponibilidade do download. O processo é altamente recomendado a todos os usuários. Detalhes sobre a atualização podem ser vistos na íntegra no site de suporte da empresa (em inglês).

Fonte:Tecmundo