Arquivo mensal maio 2022

Poradmin

Motorola prepara lançamento de celular com câmera de 200 MP

A fabricante Motorola confirmou que vai lançar um smartphone com um sensor de 200 MP em breve. De acordo com a publicação da marca, que foi realizada na rede social chinesa Weibo, o modelo será lançado em julho de 2022.

Não há mais detalhes sobre o aparelho, mas ele será “uma nova base de performance para experiências com imagem” graças ao novo sensor — muito provavelmente um HP1, da Samsung.

Além do sensor de 200 MP, de acordo com imagens vazadas há alguns meses, são esperadas uma lente ultrawide e outra lente teleobjetiva no conjunto traseiro de câmeras.

O Motorola Frontier em renderizações vazadas.

O Motorola Frontier em renderizações vazadas.Fonte:  Motorola 

Especulações anteriores já apontavam a existência de um dispositivo do tipo sob o codinome de Motorola Frontier, ainda sem um nome comercial definido. Até agora, não há detalhes da data exata do aparelho ou da disponibilidade em todos os mercados.

Nesses vazamentos, consta que o celular terá outros componentes top de linha, como o novo processador Snapdragon 8+ Gen 1, da Qualcomm e um carregamento rápido de 125 W. A expectativa é de que o dispositivo terá até 12 GB de RAM e uma tela Full HD+ de 6,67″.

Fonte: TecMundo

Poradmin

Como usar widgets inteligentes em celulares Galaxy

Apresentados há mais de uma década no sistema operacional Android, os widgets funcionam como atalhos para ferramentas úteis, alocados diretamente na tela inicial da interface. Inicialmente, o recurso exigia uma fatia considerável do desempenho nos celulares, algo que desacelerou sua popularização e uso.

Mais recentemente, porém, os “acessórios digitais” voltaram à moda graças ao avanço no desempenho médio dos modelos no mercado e a um redesign apresentado pela Apple no iOS 14, que tornou a função mais inteligente. Sem perder tempo, a Samsung disponibilizou sua alternativa para modelos Galaxy com a One UI 4.1, denominada “Smart Widgets”.

O que são widgets inteligentes?

Na prática, os Smart Widgetsou simplesmente widgets inteligentes, em tradução livre para o português, são um conjunto “rolável” das ferramentas tradicionais. A solução permite, por exemplo, que o usuário agrupe os atalhosdo relógio e do calendário em uma mesma página, economizando espaço de tela. Veja como configurar e usar a novidade:

Como usar widgets inteligentes?

1 – Na tela inicial, faça movimento de pinça na tela e acesse o menu de Widgets. O ícone está localizado na base da interface do celular, ao lado das configurações;

(Fonte: TecMundo)

(Fonte: TecMundo)Fonte:  TecMundo 

2 – Os widgets inteligentes estão dentro de uma aba homônima. Escolha o seu modelo favorito e arraste para a tela inicial para começar a utilizá-lo. Em celulares mais recentes, a Samsung disponibiliza três modelos de Smart Widgets para os usuários.

(Fonte: TecMundo)

(Fonte: TecMundo)Fonte:  TecMundo 

3 – Com o Widget na tela inicial, pressione na janela para exibir as opções, incluindo adicionar novas abas ou remover conteúdos. A função permite agrupar praticamente qualquer app dentro da área de widgets inteligentes, desde soluções integradas da One UI até widgets de aplicativos de terceiros.

(Fonte: TecMundo)

(Fonte: TecMundo)Fonte:  TecMundo 

Quais celulares possuem os widgets inteligentes?

Vale ressaltar que os Smart Widgets são uma solução proprietária da Samsung e, portanto, só estão disponíveis nos celulares da marca. Além disso, os modelos precisam estar atualizados com a One UI 4.1 — veja o calendário de elegibilidade e atualizações clicando aqui.

Além disso, a empresa também limitou o uso da função em alguns dispositivos. Logo, mesmo que o aparelho atenda a todos os requisitos, a Samsung ainda reserva o direito de simplesmente bloquear a função em certos dispositivos.

Fonte: TecMundo

Poradmin

App de celular identifica Alzheimer e outros distúrbios neurológicos

Já pensou em poder fazer um diagnóstico sem precisar sair de casa? Pesquisadores da Universidade da Califórnia, San Diego, Estados Unidos, desenvolveram um aplicativo de celular que utiliza a câmera de selfie para fazer a detecção de problemas neurológicos como o Alzheimer.

Esse app ainda em desenvolvimento, utiliza a tecnologia presente em alguns celulares mais novos, que possuem câmeras capazes de realizar reconhecimento facial. Através do dispositivo que detecta o infravermelho, junto com a câmera de selfie, o aplicativo é capaz de fotografar e fazer medidas das pupilas dos usuários.

Aplicativo experimental usa câmera frontal para detectar problemas neurológicosFonte:  Shutterstock 

A medida pupilar já é um fator de diagnóstico importante para distúrbios neurológicos, assim como faz parte de escalas como a Glasgow, que observa a reatividade da pupila para verificar danos neurológicos, e o nível de consciência de pacientes em coma ou que tenham sofrido traumas cranianos.

Atualmente, os exames específicos para diagnóstico precoce de problemas neurológicos são complexos e de difícil acesso para boa parte da população, mas o desenvolvimento desse app oportuniza diagnósticos precoces de condições neurológicas como Alzheimer e Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH), com maior praticidade.

Além do acesso, os pesquisadores também se preocupam com a intuitividade para o uso, assim como a acessibilidade para os mais diversos usuários. Os primeiros testes contaram com a participação de idosos, que contribuíram dando feedbacks sobre o quão simples e intuitivo foi o uso, e para os próximos passos, os pesquisadores querem incluir pessoas com déficit cognitivo leve para atestar a usabilidade.

Os experimentos mostraram que o app foi bem sucedido na verificação das alterações pupilares, atingido parâmetros próximos aos exames de diagnóstico de alto padrão utilizados atualmente. Com esses resultados promissores, os pesquisadores esperam que essa nova tecnologia torne mais simples a detecção dos transtornos neurológicos, oportunizando o tratamento precoce, mais qualidade de vida, e também a democratização do acesso a esse tipo de exame.

ARTIGO Conference on Human Factors in Computing Systems: doi.org/10.1145/3491102.3502493

Fonte: TecMundo

Poradmin

TSE testa nova versão do app e-Título para as eleições de outubro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou nesta segunda-feira (9) o início dos testes de uma nova versão beta do aplicativo e-Título, a via digital do título de eleitor. O app, que fornece o endereço do local de votação e emite certidões de quitação e de crimes eleitorais, pode ser baixado na versão Android ou iOS.

A ideia é que o aplicativo seja disponibilizado aos eleitores e eleitoras antes das eleições de outubro. Por enquanto, a nova edição, que inclui biometria do rosto e das digitais, está restrita a apenas 0,1% dos 25 milhões de usuários do software, escolhidos aleatoriamente para testar as novas funcionalidades da ferramenta.

Além de adaptações nas telas e mudanças de cores (de verde para azul) para melhorar a acessibilidade de pessoas com deficiências visuais, como daltonismo, o aplicativo traz outras novidades. A opção “Cartório Lotado”, por exemplo, informa quando existe grande demanda pela justiça eleitoral, e uma aba recém-criada mostra o histórico de todas as notificações do usuário. com o registro dos avisos recebidos.

Fonte: TecMundo

Poradmin

Dell lança notebook Inspiron 15 3000 com CPU Intel de 11ª geração

Na última sexta-feira (6), a marca Dell anunciou a nova versão do modelo do notebook Inspiron 15 3000, um notebook com os novos processadores de 11ª geração da Intel. Os consumidores e fãs da marca poderão adquirir versões do notebook com Intel Core i7, Core i5, Core i3 e até Pentium Gold.

Além dos processadores da 11ª geração Intel até a versão i7, o Inspiron 15 3000 também oferece tela Full HD de 15,6 polegadas, memória RAM de até 8 GB (expansível até 16 GB), armazenamento interno com SSD de até 256 GB e placa de vídeo integrada Intel Iris Xe — a placa de vídeo está disponível apenas nas versões com i5 e i7.

“O Inspiron 15 3000 representa uma evolução na oferta da Dell no Brasil desde as configurações iniciais de notebooks disponíveis no país. O novo design traz para essa série recursos avançados como tela Full HD, processadores Intel Core de 11ª geração e armazenamento em SSD”, disse o diretor de marketing e vendas da Dell no Brasil, Sidney Zamel.

A tela também conta com o software ComfortView, oferecendo visão ampla e reduzindo a emissão de luz azul para permitir um uso mais confortável e menos nocivo aos olhos dos consumidores. Apesar de a nova versão ser mais compacta, o novo Inspiron 15 3000 tem um maior aproveitamento do espaço para entregar mais conforto na hora do uso.

Disponibilidade

Todos os modelos estão disponíveis com o sistema operacional Windows 11. Aqueles que adquirirem o notebook na loja oficial da Dell recebem uma licença de um ano do antivírus McAfee Live Safe sem pagar nenhum custo a mais. O notebook Inspiron 15 3000 já está disponível no Brasil e pode ser adquirido por valores a partir de R$ 2.949.

Fonte: TecMundo

Poradmin

Apps para saúde mental têm privacidade ‘terrível’, diz relatório

Uma análise divulgada nesta semana por pesquisadores da Mozilla traz um importante alerta sobre os aplicativos de saúde mental e oração. De acordo com um guia que analisou 32 apps da espécie, esses softwares possuem proteções de privacidade piores do que a maioria, podendo expor dados sensíveis de seus usuários.

De acordo com o líder do guia chamado *Privacy Not Included (privacidade não incluída em português), Jen Caltrider, a grande maioria dos aplicativos de saúde mental “rastreiam, compartilham e capitalizam os pensamentos e sentimentos pessoais mais íntimos dos usuários, como humor, estado mental e dados biométricos”, diz o comunicado.

Populares principalmente durante a pandemia da covid-19, esses apps foram projetados para interagir com seus usuários, mas, ao coletar informações, absorvem uma grande quantidade de dados pessoais, sob uma proteção de privacidade pífia, segundo os especialistas. Dos 32 apps analisados, 29 receberam o rótulo de “privacidade não incluída”, o que significa práticas de segurança ruins ou despreocupação com a qualidade das senhas utilizadas.

Quais os apps para saúde mental com regras fracas de privacidade?

A análise dos especialistas da Mozilla revelou que os aplicativos com as piores práticas atualmente são: Better Help, Youper, Woebot, Better Stop Suicide, Pray.com e Talkspace. No caso do Woebot, chatbot de saúde mental especializado em terapia cognitivo-comportamental, as informações coletadas de usuários são compartilhadas para fins publicitários. A plataforma novaiorquina de terapia online Talkspace coleta transcrições dos chats com os usuários.

Durante a pandemia da covid-19, particularmente durante os períodos de afastamento social, os aplicativos para a saúde mental assumiram um papel de protagonistas, face à dificuldade para encontrar tratamentos tradicionais nessa área. Dessa forma, esses apps ofereceram assistência rápida e acessível, porém a um custo aparentemente alto, segundo o relatório.

Para o pesquisador da Mozilla Misha Rykov, esses softwares “operam como máquinas de sucção de dados com um verniz de aplicativo de saúde mental”.

Fonte: TecMundo

Poradmin

Como fazer um currículo no Google Docs

Ter um bom currículo é essencial para conseguir participar de processos seletivos em empresas dos mais variados segmentos. Embora as informações sejam mais relevantes para as posições almejadas, um design chamativo pode ser crucial no momento em que os avaliadores receberem o documento.

Existem muitos editores online dispostos a ajudar os candidatos nessa tarefa. O Google Docs uma das ferramentas mais conhecidas da escrita da internet, possui mecanismos únicos e facilitadores que auxiliam na criação e desenvolvimento de um currículo.

(Google Docs/Reprodução)

(Google Docs/Reprodução)Fonte:  Google Docs 

Quer saber mais? Aproveite nossas dicas logo abaixo!

Google Docs: como fazer um currículo por meio do app?

Logo na interface inicial do Google Docs, há alguns modelos de currículo que podem ser apenas substituídos com as suas informações. Com isso, o processo de produção de um currículo pode ser bem ágil.

  • Entre no site do Google Docs;
  • Clique sobre Galeria de Modelos, no canto superior esquerdo;
  • Abra um modelo para explorá-los com todos os detalhes e clique nele para exportá-lo.
(Google Docs/Reprodução)

(Google Docs/Reprodução)Fonte:  Google Docs 

No momendo da edição, coloque seus dados em cada um dos campos indicados. O salvamento será automático. Em seguida, você poderá clicar em Compartilhar, no canto direito, para enviar o currículo diretamente para o seu email, ou ainda em Arquivo, no canto esquerdo.

Nesse campo, selecione Fazer Download e salve o documento nos formatos disponíveis. Recomendamos que o currículo seja exportado em PDF para maior facilidade de envio às empresas.

(Google Docs/Reprodução)

(Google Docs/Reprodução)Fonte:  Google Docs 

Fonte: TecMundo

Poradmin

Google Assistente agora rebate falas ofensivas em português

Google anunciou, nesta quarta-feira (04), que a assistente virtual da marca foi programada para começar a rebater comentários misóginos, homofóbicos, racistas ou de sexo explícito. A iniciativa começou nos Estados Unidos, mas a versão brasileira da tecnologia também já está respondendo aos comandos de voz abusivos.

De acordo com a empresa, a intenção é que o Google Assistente comece a lidar com o assédio e violência de gênero de inúmeras mensagens que são direcionadas para a inteligência artificial.

No Brasil, cerca de 2% das chamadas “interações de personalidade” do Google Assistente, que são perguntas de caráter pessoal como “Ok, Google, como você está”, são de mensagens com termos inapropriados. Além disso, um a cada seis insultos ao assistente são direcionados às mulheres.

O Google aproveitou para lançar uma campanha contra o assédio

Em uma análise da companhia de tecnologia, falas que ressaltam questões sobre aparência física, como “Você é bonita, Google?”, são duas vezes mais frequentemente feitas às vozes do Google Assistente que soam femininas do que em vozes que soam masculinas.

No caso de vozes do Google Assistente que soam mais masculinas, uma a cada dez ofensas recebidas tem a ver com comentários homofóbicos. Neste contexto, relatórios apontam o uso da palavra “bicha” ao invés de “gay” ou “homossexual”.

“Não podemos deixar de fazer uma associação entre o que observamos na comunicação com o Assistente e o que acontece no ‘mundo real’. Todos os dias, grupos historicamente discriminados recebem ataques de diversas maneiras no Brasil. E esse tipo de abuso registrado durante o uso do app é sim um reflexo do que muitos ainda consideram normal no tratamento a algumas pessoas”, pontuou Maia Mau, Head de Marketing do Google Assistente para a América Latina.

Tipos de respostas

O Google Assistente responderá comentários ofensivos a partir de abordagens diferentes. Se o usuário da aplicação fizer uma ofensa explícita utilizando palavrões ou com expressões misóginas, homofóbicas, racistas ou com teor sexual explícito, a voz do Google responderá de formas como: “O respeito é fundamental em todas as relações, inclusive na nossa” ou “Não fale assim comigo”.

Falas inapropriadas e com teor de assédio do tipo “Google, quer casar comigo?” ou “Google, quer namorar comigo?” serão respondidas de uma forma bem-humorada, segundo a companhia. Nestes casos, o assistente dará um “fora” e alertará a pessoa sobre o incômodo que esses tipos de expressões causam.

Google Assistente

“Entendemos que o Google Assistente pode assumir um papel educativo e de responsabilidade social, mostrando às pessoas que condutas abusivas não podem ser toleradas em nenhum ambiente, incluindo o virtual”, acrescentou Maia

Fonte:TecMundo

Poradmin

iPhone 15 de 2023 deve adotar chip 5G da própria Apple

Apple está aos poucos colocando em prática os planos da empresa de ser a responsável pelo modem 5G presente nos próprios celulares. Seguindo as previsões mais recentes, a expectativa é de que ela comece a lançar eletrônicos com o componente integrado já em 2023.

A informação é do The Wall Street Journal, que publicou uma reportagem analisando recentes movimentações da Maçã no setor. De acordo com a matéria, o modem desenhado e encomendado pela companhia está saindo do papel para ser usado em iPhonesiPads e em alguns modelos do Apple Watch.

Ao menos três movimentos foram detectados nesse setor: a compra da divisão de chips wireless 5G da Intel em 2019, a abertura de uma série de vagas de emprego na área (e em cidades que concentram escritórios de rivais, como a Broadcom) e a redução da parceria com a Qualcomm, que passará de fornecer quase 100% desses chips para apenas 20% justamente em 2023.

O que pode mudar?

Caso o modem 5G de fato vire da própria Apple a partir da geração iPhone 15, isso significa que a empresa terá o controle sobre mais um dos componentes internos do aparelho. O chip pode até passar a integrar o conjunto do processador de linha A, que tradicionalmente roda nos smartphones da marca.

Com tantas peças criadas e integradas em casa, há a possibilidade de otimização do desempenho e do consumo de energia do dispositivo, assim como o barateamento de processos. A reportagem, entretanto, cita que o processo de criação e fabricação é complicada e talvez seja necessário algum tempo até que todo o processo seja refinado.

Fonte: TecMundo

Poradmin

Escassez de chips será quase toda superada em 2022, diz estudo

A crise global que desde 2020 reduziu a quantidade de semicondutores no mercado de tecnologia está cada vez mais próxima de ser vencida. Para este ano, de acordo com um relatório da Counterpoint Research, a expectativa é que quase todos os setores de produção de chips entrem em normalidade.

Segundo o novo estudo, os chips de memória, tela e áudio voltarão ao ritmo natural de fabricação. Apenas alguns setores específicos podem apresentar um leve desequilíbrio de até 10% no estoque — caso dos processadores de área como Wi-Fi, gerenciamento de energia e monitores de cristal líquido.

Isso, entretanto, não deve mais causar tantos problemas quanto o baixo estoque, encolhimento de mercados inteiros ou aumento de preços.

Na tabela, quanto mais esferas vermelhas, maior era o desequilíbrio entre oferta e demanda em um setor. Em 2022, quase tudo foi superado.

Na tabela, quanto mais esferas vermelhas, maior era o desequilíbrio entre oferta e demanda em um setor. Em 2022, quase tudo foi superado.

Fonte:  Counterpoint 

Para efeitos de comparação, nos piores momentos da crise, a demanda chegou a superar em até 30% a capacidade de entrega de algumas fabricantes. A redução da escassez neste ano era prevista por analistas e companhias do setor, algumas mais otimistas que as outras.

Recuperação lenta e gradual

Ainda de acordo com a Counterpoint, o mercado de montagem de PCs terá vendas dentro do esperado ao longo do ano, sem a explosão de equipamentos vista nos dois últimos anos pela transição para trabalho e aulas em casa, além de restrições pelo momento econômico e de incertezas em algumas regiões.

O setor automotivo também foi um dos grandes prejudicados pela escassez e precisou até modificar estruturas de veículos para reduzir as perdas e depender menos de semicondutores.

Fonte: TecMundo